Agora: Comunidade Chimarreando Com: Rafael Boller Agora: Comunidade Chimarreando Com: Rafael Boller

Central de Recados

Envie-nos seu recado ou peça sua música aqui!
Seu nome deve conter apenas letras!

Abate de bovinos cresce 3,4% em 2018 ante 2017, diz IBGE.

Data da Noticia 14/03/2019
O montante equivale a 1,03 milhão de animais a mais, no segundo ano consecutivo de aumento.

Os produtores brasileiros registraram um abate de 31,90 milhões de cabeças de bovinos em 2018, um aumento de 3,4% em relação a 2017, segundo os resultados preliminares da Pesquisa Trimestral do Abate de Animais, divulgados nesta quinta-feira, 14, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O montante equivale a 1,03 milhão de animais a mais, no segundo ano consecutivo de aumento.

O crescimento foi impulsionado por avanços em 17 das 27 Unidades da Federação, sendo os mais expressivos em Mato Grosso (+414,73 mil cabeças), Rio Grande do Sul (+205,13 mil), Paraná (+157,50 mil), Rondônia (+125,93 mil), São Paulo (+122,73 mil), Tocantins (+86,94 mil), Santa Catarina (+44,32 mil), Minas Gerais (+33,88 mil) e Goiás (+27,90 mil).

As quedas mais intensas ocorreram no Mato Grosso do Sul (-142,20 mil cabeças), Pará (-27,89 mil), Maranhão (-25,60 mil) e Espírito Santo (-23,15 mil).No quarto trimestre de 2018 foram abatidas 8,14 milhões de cabeças de bovinos no País, alta de 1,0% em relação ao quarto trimestre de 2017. O resultado, porém, foi 1,7% inferior ao do terceiro trimestre de 2018.

O Mato Grosso continuou liderando o ranking do abate, com 16,4% da participação nacional, seguido por Mato Grosso do Sul (10,3%) e Goiás (10,1%).

  • Autor: Globo Rural
  • Imagens: Ernesto de Souza/Editora Globo

Todo o conteúdo desta coluna é de total responsabilidade de seu autor(a)/publicador(a)!


Todas imagens