Programação Automática Programação Automática

Central de Recados

Envie-nos seu recado ou peça sua música aqui!
Seu nome deve conter apenas letras!

Educação profissional pode ser uma saída para geração “nem-nem”.

Data da Noticia 25/06/2019
Quase um quarto dos jovens brasileiros (23%) nem estuda nem trabalha, segundo os novos dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua.

Eles não estudam, nem trabalham formalmente. Mesmo desempenhando alguma atividade, em casa, por exemplo, ajudando a família com as crianças ou os idosos, dos 47,3 milhões de pessoas de 15 a 29 anos, 23% são conhecidos como a “geração nem-nem”, por não estarem na escola regular, na faculdade, ou fora do mercado de trabalho. Especialistas apontam para uma alternativa: a educação profissional.

De acordo com a  Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad contínua) divulgada na última semana, o percentual de jovens nessa situação é ainda mais alto na faixa etária que vai dos 18 aos 24 anos, idade em que, teoricamente, deveriam estar na universidade. O índice chega a 27,7%. 

De acordo com o IBGE, a faixa etária com maior índice de pessoas nessa situação é o grupo de 18 a 24 anos, com 27,7%.  O grupo de 25 a 29 anos também aparece próximo, com uma taxa de 25,7% das pessoas que não estudam e nem trabalham.

  • Autor: Agência do Rádio
  • Imagens: Ilustrativa

Todo o conteúdo desta coluna é de total responsabilidade de seu autor(a)/publicador(a)!


Todas imagens