Agora: Parada Pop Com: Programação Automática Agora: Parada Pop Com: Programação Automática

Central de Recados

Envie-nos seu recado ou peça sua música aqui!
Seu nome deve conter apenas letras!

Extorção na cara dura!

Data da Noticia 09/12/2018
Entenda como pagamos aluguel daquilo que já é nosso.

Te parece razoável pagar aluguel de um bem que te pertence? Pelo qual já pagaste o devido preço? Imagino que "absurdo" seja a resposta mais comum a esse questionamento. E se eu te disser que você faz isso e aceita na maior passividade? Sim, se você é proprietário de imóveis ou veículos, você paga um aluguel anual ao Estado para usufruir daquilo que é seu, e não dele.

IPVA, IPTU e ITR são literalmente isso, o aluguel de um bem já adquirido, pelo qual você pagou o valor que o antigo proprietário pedia e, no processo, pagou mais uma fortuna em burocracia desnecessária. Não há argumento lógico que justifique a cobrança de tais tributos. Na verdade, essa é apenas uma mostra de como o Estado toma nossa liberdade e "engorda" às custas do nosso suor, sem consentimento, é claro. O nome disso é violência.

Precisamos abrir os olhos: no Brasil, trabalhar, empreeender, produzir e conquistar  é quase um crime, reprovável e passível de multas; pois imposto é a punição por você fazer alguma coisa (qualquer coisa).

  • Autor: Gerson Dickel
  • Imagens: Ilustrativa

Todo o conteúdo desta coluna é de total responsabilidade de seu autor(a)/publicador(a)!


Todas imagens