Programação Automática Programação Automática

Central de Recados

Envie-nos seu recado ou peça sua música aqui!
Seu nome deve conter apenas letras!

Geada causa perdas na produção de hortaliças na região do Alto Uruguai

Data da Noticia 13/07/2019
Temperaturas baixas provocaram perdas até mesmo em estufas.

As baixas temperaturas registradas na semana passada, com registro de geadas na região do Alto Uruguai, prejudicaram a produção de hortaliças. Os cinco dias constantes com geadas intensas causaram perdas de 100% nos cultivares no sistema convencional, principalmente, de mudas de folhares como alface e rúcula, de acordo com o escritório regional da Emater/RS-Ascar de Erechim.

Nas hortaliças cultivadas em estufas as perdas foram menores, mas as superfícies das folhas queimaram, prejudicando a qualidade do produto. De acordo com a Emater/RS-Ascar, na região os municípios que mais produzem hortaliças são Erechim, que concentra de 50 a 60 produtores, Getúlio Vargas, Paulo Bento e Barão de Cotegipe. Os danos causados pelas geadas, além de afetar a qualidade das hortaliças, deverão refletir nos preços ao consumidor nas próximas semanas.

O frio intenso, com temperaturas negativas, também prejudicou as pastagens, com a redução no crescimento das forrageiras, atingindo tanto a bovinocultura de leite como a de corte.

A piscicultura também foi prejudicada, já que as temperaturas muito baixas ameaçam a sobrevivência dos peixes, principalmente as tilápias.

Já para o cultivo e desenvolvimento da fruticultura, o frio intenso foi propício. No momento, estão sendo planejadas novas áreas com uvas, que está em fase de entressafra. As laranjas estão em fase de desenvolvimento e crescimento do fruto, sendo que as variedades precoces já foram colhidas. As bergamotas estão em fase de desenvolvimento vegetativo com expectativa de boa produção.

As lavouras de trigo, com área de cerca de 28 mil hectares semeados, estão com 10% em fase de germinação e 90% em fase de desenvolvimento vegetativo. A cultura da cevada também está com cem por cento da área semeada, com cerca de 10 mil hectares para safra 2019/2020. Com a aveia grão, com área plantada de 6.350 hectares, a expectativa de produtividade esperada é de 2.500 kg/ha.

  • Autor: Redação Atmosfera On.Line
  • Imagens: Atmosfera On.Line

Todo o conteúdo desta coluna é de total responsabilidade de seu autor(a)/publicador(a)!


Todas imagens