Agora: Romance Com: Jacili Santos Agora: Romance Com: Jacili Santos

Central de Recados

Envie-nos seu recado ou peça sua música aqui!
Seu nome deve conter apenas letras!

Inter realiza primeiro turno da eleição presidencial nesta quinta.

Data da Noticia 08/11/2018
Marcelo Medeiros e Luciano Davi disputam votos no Conselho Deliberativo nesta quinta.

Discretamente, graças à postura responsável dos candidatos, que respeitaram a corrida em campo da equipe pelo título brasileiro, o Inter viverá na noite desta quinta-feira a primeira etapa do processo eleitoral que elegerá a nova diretoria do clube e também renovará metade das cadeiras do Conselho Deliberativo. Neste primeiro turno, Marcelo Medeiros, que é o atual presidente e representa os movimentos políticos que dão sustentação a sua gestão, e Luciano Davi, líder de uma coalização de Oposição, disputam o pleito. 

Neste primeiro turno, participam apenas os conselheiros do clube. O segundo, marcado para 8 de dezembro - após, portanto, a última rodada do Brasileirão -, contará com a participação dos associados. A única hipótese de não haver a segunda parte da eleição é se um dos dois candidatos tiver 85% ou mais dos votos na noite de hoje, algo que é improvável devido à atual composição do CD.

Medeiros é o cabeça da Chapa 1, cujo nome é “Paixão, Trabalho e Resultados”, ladeado pelos vice-presidentes João Patrício Herrmann, Alexandre Chaves Barcellos, Humberto Busnello e José de Medeiros Pacheco. Sua bandeira é forte: ele assumiu o Inter arrasado administrativamente pela gestão Vitorio Piffero (2015/2016), mas conseguiu, além de promover o retorno da equipe à Série A, aumentar o quadro social e reorganizar as finanças coloradas. Se Medeiros for eleito, Roberto Mello está confirmado como vice de futebol.

Luciano Davi também carrega experiência em gestões passadas. Ele já ocupou vários cargos no clube, inclusive o de vice de futebol na gestão de Giovanni Luigi. A sua chapa é a 2, cujo nome é “O Inter que queremos”. Seus vice-presidentes, caso eleito, serão Dannie Dubin, José Alfredo Santos Amarante, Roberto Siegmann e Guilherme Osório. Eduardo Lacher, que já foi diretor de futebol em outras gestões, inclusive até o ano passado, é cotado para ser o vice de futebol.

  • Autor: Correio do Povo
  • Imagens: Ricardo Duarte / Inter

Todo o conteúdo desta coluna é de total responsabilidade de seu autor(a)/publicador(a)!


Todas imagens