Programação Automática Programação Automática

Central de Recados

Envie-nos seu recado ou peça sua música aqui!
Seu nome deve conter apenas letras!

Mesmo com suspensão Polícia mantém fiscalização com radares móveis na região

Data da Noticia 20/08/2019
Do início do mês de agosto até agora, o Comando Rodoviário da Brigada expediu 200 multas relacionadas a essa infração que é grave.

O governo federal suspendeu o uso dos radares moveis nas rodovias federais. Mas aqui no Alto Uruguai o comando rodoviário pretende seguir com as fiscalizações. O excesso de velocidade é a principal causa de acidentes de trânsito nas rodovias da região.  Do início do mês de agosto até agora, o Comando Rodoviário da Brigada expediu 200 multas relacionadas a essa infração que é grave. Por isso a Polícia garante que vai manter o uso dos radares moveis nos trabalhos de fiscalização do dia a dia.

“Nós do comando rodoviário atuamos em cima de estatísticas e fizemos nossas operações com ouso de radar nos locais mais críticos, onde mais correm acidentes. Então importante reforçar que iremos continuar sim com essa fiscalização. Estamos engajados na década mundial da redução da acidentalidade proposta pela ONU. E uma das três causas que nós elencamos como as principais que mais resultam acidentes é o excesso de velocidade. Nós estamos sim e vamos continuar com o uso de radar porque quando as pessoas perdem uma vítima ou um familiar no transito elas perdeu então não tem diferença se ela perdeu no transito ou de um latrocínio. Então para nós isso além de uma infração é considerado um crime, porque ele colocou em risco a vida dos outros usuários e dele mesmo”, relata o comandante do Pelotão Rodoviário de Erechim, Sandro Lazarin.

Vale lembrar que a normativa não altera o funcionamento dos radares e controladores de velocidade fixos espalhados pelas rodovias federais, aqui no alto Uruguai são duas, a BR 480 e BR 153. As demais são todas estaduais onde não haverá alteração com relação a fiscalização.

Somente no mês de julho aqui na região 560 pessoas foram autuadas por dirigirem acima da velocidade permitida nas 14 rodovias de abrangência. Quem for pego fora da velocidade pelos radares moveis vai arcar com uma multa que pode variar de R$ 130,00 até 880,00.

  • Autor: Paloma Mocellin/Atmosfera Online
  • Imagens: Divulgação

Todo o conteúdo desta coluna é de total responsabilidade de seu autor(a)/publicador(a)!


Todas imagens