Programação Automática Programação Automática

Central de Recados

Envie-nos seu recado ou peça sua música aqui!
Seu nome deve conter apenas letras!

Prejuízos por ciberataques alcançaram 45 bilhões de dólares em 2018.

Data da Noticia 09/07/2019
Especialistas em segurança ainda descobriram que 5 bilhões de arquivos foram expostos no ano passado.

Estima-se que 2 milhões de ciberataques em 2018 custaram mais de 45 bilhões de dólares em todo o mundo, num momento em que os governos locais lutam para lidar com este tipo de atividade criminosa, informa um estudo publicado nesta terça-feira. Segundo a Aliança para a Confiança Online da Sociedade Internet, que compila dados dos Estados Unidos e de outras fontes internacionais, os ataques do tipo ransomware custaram 8 bilhões de dólares.

Esses ataques consistem em roubar dados de um utilizador via malware antes de exigir um resgate em troca do desbloqueio dos dados. As autoridades também são vítimas, e cidades americanas como Atlanta, Georgia, Baltimore e Maryland tiveram que reconstruir toda a sua rede informática. Se o número de ataques deste tipo caiu 20% em relação a 2017, as perdas financeiras aumentaram 60%.

Grandes perdas também foram provocadas por fraudes implicando o roubo de endereços eletrônicos de indivíduos ou de empresas, uma técnica conhecida como "phishing" - envio de e-mails contendo um link corrompido ou um documento infectado -, alcançando 1,3 bilhão de dólares. Ataques do tipo "crypjacking", o garimpo ou fabricação clandestina de moedas virtuais, como o bitcoin, através da infiltração de um servidor, um computador ou um smartphone, também foram lucrativos.

  • Autor: Correio do Povo
  • Imagens: Ilustrativa

Todo o conteúdo desta coluna é de total responsabilidade de seu autor(a)/publicador(a)!


Todas imagens