Programação Automática Programação Automática

Central de Recados

Envie-nos seu recado ou peça sua música aqui!
Seu nome deve conter apenas letras!

Falha grave de segurança permite a hackers tomarem controle de dispositivos Wi-Fi.

Data da Noticia 17/10/2017
Fabricantes trabalham para distribuir correções para problema que afeta milhões em todo o mundo.

O regulador de segurança informática do governo dos Estados Unidos advertiu nesta segunda-feira sobre uma falha de segurança no protocolo de criptografia de Wi-Fi que poderia permitir acessar ou roubar informações confidenciais por meio das redes wireless. A Equipe de Resposta ante Emergências Informáticas (CERT, em inglês) assinalou que devido a este problema hackers podem invadir ou tomar o controle de milhões de dispositivos que usam Wi-Fi.

A CERT, que faz parte do Departamento de Segurança Nacional, disse que a falha foi encontrada por pesquisadores da universidade belga KU Leuven. De acordo com o site de notícias Ars Technica, a descoberta foi mantida em segredo durante semanas para permitir que os sistemas Wi-Fi desenvolvessem trechos de segurança.

Os hackers poderiam aproveitar essa falha no WPA2, como é chamado o protocolo criptografado, "para ler informações que anteriormente acreditava-se estarem criptografadas de forma segura", indicou um blog dos pesquisadores da KU Leuven. "Podem se aproveitar disto para roubar informação confidencial como números de cartões de crédito, senhas, mensagens, e-mails, fotos. O ataque pode acontecer em toda as redes de Wi-Fi protegidas modernas", apontou.

"Dependendo da configuração da rede, também é possível enviar e manipular dados. Por exemplo, um hacker poderia injetar um ransomware ou outro malware em sites", explicou. Esta falha foi batizada de KRACK, acrônimo de Key Reinstallation AttaCK, porque permite aos hackers inserir uma nova senha em uma conexão Wi-Fi que mantém os dados particulares.



Todas imagens
  • Autor: Correio do Povo
  • Imagens: Teri Makashi / Pixabay

Todo o conteúdo desta coluna é de total responsabilidade de seu autor(a)/publicador(a)!