Agora: Disparada Com: Maicon Oliveira Agora: Disparada Com: Maicon Oliveira

Central de Recados

Envie-nos seu recado ou peça sua música aqui!
Seu nome deve conter apenas letras!

Brasileiro de Rally vai a dois estados na mesma corrida em Marcelino Ramos e Alto Bela Vista

Data da Noticia 04/11/2021
Quarta etapa unirá RS e SC no próximo sábado.

Lá pelo anos 70 e 80, era comum ouvir falar que em um determinado ponto do Rio Uruguai, se colocava um pé de um lado e outro de outro, do leito do rio, com isso alcançando ao mesmo tempo os estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Era o ‘passo da formiga’, em um ponto conhecido como ‘Estreito do Rio Uruguai’, hoje alagado pelo lago da Usina Itá.

O rio que divide os dois estados, também dividirá a próxima etapa dos campeonatos Brasileiro e Gaúcho de rally de velocidade, sábado, dia 6. Isso porque, as competições terão etapa conjunta, com base na cidade de Marcelino Ramos (lado gaúcho) e Alto Bela Vista (lado catarinense).

No início da corrida, duas especiais em SC e após, mais seis, no RS. Um rally que promete entrar para a história. Alguns competidores já conhecem parte do trecho, pois andaram em Marcelino Ramos em anos anteriores. O erechinense Milton Pagliosa venceu por lá em 2019 e agora com o navegador Vinicius Anziliero, volta a disputa. “É uma região muito bonita, com um rally exigente e nós vamos com o pensamento primeiro de completar e quem sabe beliscar um lugar no pódio em nossa categoria”, diz.

“Conheço um pouco do piso, pois passei em algumas das especiais nos anos anteriores. Trata-se de um rally duro e na maioria das vezes foi realizado com muito calor. O calor sempre é uma dificuldade a mais para as duplas. Vamos tentar fazer nosso melhor”, diz o atual líder do Brasileiro e Gaúcho, na categoria Rally 2 (4x4, o também gaúcho Ulysses Bertholdo.

Quem também chega para esta etapa na liderança, é a dupla Evandro Carbonera e Juliano Gracioli, que ponteiam a Rally 5 (4x2).

"Nossa expectativa é poder fazer uma boa corrida, os dois campeonatos vem muito disputados este ano e nossa meta é conseguir ampliar a liderança do Brasileiro e quem sabe buscar a primeira posição no Gaúcho”, enfatiza Carbonera.

Vencedor da última etapa do Brasileiro, em Rio Negrinho, SC, em setembro, a dupla Claudio Rossi e Eduardo Tonial esperam uma corrida bastante exigente no sábado.

"Certamente será bem puxado, vai exigir bastante de nós como dupla e do carro. Eu nunca competi naquela região, mas informações que tenho é que pode fazer calor e isso também acaba impactando, mas vamos lá, buscar fazer uma boa corrida e poder brigar pelas primeiras colocações”, pondera Rossi.

Já são mais de 25 duplas inscritas para a disputa. A programação do rally será aberta na noite de sexta-feira, 19h30, com uma street stage, um trecho especial promocional, no centro de Marcelino Ramos, onde os carros vão percorrer o percurso em ritmo de prova.

No sábado, o rally começa às 7h50, com duas especiais em Alto Bela Vista, SC e após, vem para o RS, onde haverão mais seis especiais. A corrida termina por volta das 18h, com premiação no Balneário de Marcelino Ramos.

Programação

Quinta-feira, 4 de novembro 12h – Abertura do Parque de Apoio para instalação das equipes Sexta-feira, 5 de novembro 8h – Abertura do reconhecimento das especiais 8h30 – Início da Vistoria Técnica 18h30 – Encerramento do reconhecimento das especiais 19h30 – Street Stage Noturno Promocional (Centro de Marcelino Ramos) Sábado, 6 de novembro 7h58 – SS Alto Bela Vista 1 – 14,2km 9h11 – SS Alto Bela Vista 2 – 14,2km 10h49 – SS Parque Teixeira Soares 1 – 12,1km 11h47 – SS Volta Grande 1 – 21,9km 13h30 – SS Parque Teixeira Soares 2 – 12,1km 14h28 – SS Volta Grande 2 – 21,9km 16h11 – SS Parque Teixeira Soares 3 – 12,1km 17h09 – SS Volta Grande 3 – 21,9km

Sobre o Rally

- O Parque de Apoio (boxes das equipes) estará instalado junto ao Balneário de Marcelino Ramos; - O evento será disputado, parte no RS, parte em SC. A divisa entre os dois estados é cortada pelo Rio Uruguai; - Alto Bela Vista, em SC, recebe um evento de rally pela primeira vez; - Será a terceira vez que Marcelino Ramos receberá uma prova de rally, a primeira pelo Brasileiro; - Os competidores terão que se deslocar entre os dois estados pela ponte rodoferroviária, um cartão postal turístico da região; - O rally passará por comunidades históricas, como Linha São Francisco, interior de Alto Bela Vista, e Volta Grande, interior de Marcelino Ramos; - O Rio Uruguai forma o lago da Usina Hidrelétrica Itá na região por onde passará o rally; - Marcelino Ramos é um dos principais pontos turísticos do Rio Grande do Sul. Alto Bela Vista é também conhecida como a “Capital Nacional do Coalho”; - As especiais são todas em estradas de terra, com duas descidas fortes, uma no RS e outra em SC. A parte catarinense nunca foi disputada e a parte gaúcha manterá o formato de 2019.

Orientações ao público

- Para ingressar nas especiais (trechos do rally), chegar ao menos hora antes da primeira largada prevista; - O acesso a todos os eventos do rally é gratuito; - Não se deslocar com veículo ou a pé enquanto a corrida estiver sendo realizada, em nenhum sentido da prova; - Se levar animais de estimação, cuidar para que não acessem a pista; - Se posicionar sempre do lado de dentro da curva, nunca pelo lado de fora, e preferencialmente em locais mais afastados e elevados da pista.

 



Todas imagens
  • Autor: Edson Castro/Assessoria
  • Imagens: AU Online

Todo o conteúdo desta coluna é de total responsabilidade de seu autor(a)/publicador(a)!