Agora: Panorama Geral Com: Gerson Dickel Agora: Panorama Geral Com: Gerson Dickel

Central de Recados

Envie-nos seu recado ou peça sua música aqui!
Seu nome deve conter apenas letras!

Como será a Universidade pós-COVID-19

Data da Noticia 01/05/2020

Por: Flávio Fernando Demarco – Pró-Reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação da UFPelMaria de Fátima Cóssio – Pró-Reitora de Ensino; Francisca Ferreira Michelon – Pró-Reitora de Extensão e Cultura

“Eu já estou com o pé nessa estrada Qualquer dia a gente se vê Sei que nada será como antes amanhã” (Milton Nascimento)

A Pandemia da COVID-19 representa um processo disruptivo na sociedade. O modo como vivemos tem sido modificado de maneira muito significativa. A Universidade, como parte da sociedade, está sendo bastante afetada. 

No caso da UFPel, desde a metade de março estamos com as atividades presenciais interrompidas, tanto nos cursos de graduação, como de pós-graduação. As atividades de extensão, pesquisa e inovação estão restritas e muitas delas redirecionadas aos esforços de combate à Pandemia, aspecto que tem dado grande destaque à UFPel no cenário atual. 

Porém, há uma grande preocupação sobre como iremos vivenciar o nosso retorno às atividades, seja durante o período de Pandemia ou no período posterior. 

Essa preocupação perpassa não apenas as Universidades no Brasil, mas tem ocorrido em vários países. 

Não poderemos, por exemplo, voltar a ter aulas com salas cheias de alunos.

Deveremos continuar mantendo o distanciamento social, até que tenhamos uma vacina efetiva ou um tratamento adequado para o novo coronavírus. 

Tecnologias digitais oferecem uma oportunidade e alternativa para realização de parte das atividades letivas. No entanto, aulas práticas, como as  laboratoriais, clínicas e ateliês , representam um desafio enorme e  pouca possibilidade de desenvolvimento em ambiente virtual. 

Ainda, existem questionamentos acerca da qualidade do ensino virtual em comparação ao ensino presencial. Além disso, existe uma questão concreta que é o acesso de estudantes à internet, sendo necessário também um intenso esforço de capacitação para os servidores e os próprios discentes sobre o aprendizado com tecnologias digitais.

Por conta de tudo isso, a UFPel, a partir do Comitê Acadêmico, tem buscado discutir estes novos desafios. Este comitê tem iniciado discussões com diretores, coordenadores de cursos e DCE para auxiliar a construção de um novo modelo de funcionamento. Ainda, estaremos realizando dois levantamentos, um com docentes, servidores, pós-docs e pós-graduandos sobre sua capacitação e experiência acerca do uso de ferramentas digitais e outro com os discentes sobre o seu acesso à internet. Estas informações serão essenciais para o planejamento institucional. 

Não só teremos a necessidade de repensar o espaço de ensino , mas também, para quando as atividades presencias estiverem de volta, de que maneira faremos estas atividades com o necessário distanciamento social. Eventos de grande porte, como por exemplo a nossa SIIEPE, terão de ser redesenhados, dada a necessidade de evitar aglomerações de grande porte.

Na pós-graduação, por termos um menor número de alunos, com turmas menores, há possibilidade de maior flexibilidade, assim como nas atividades de extensão, pesquisa e inovação, mas mesmo neste caso terão uma série de desafios. 

A COVID-19 representa um desafio para a sociedade, teremos de repensar o nosso espaço universitário de forma diferenciada. Com certeza, a observação de modelos instituídos em outros países ou em outras universidades do Brasil poderão servir de exemplo para nós, mas jamais poderemos construir algo sem considerar nossa própria realidade local e regional. 

O desafio esta lançado e cabe a nós construir novos caminhos coletivamente. 

 

Publicado originalmente no Diário Popular - Pelotas RS

 

 

 



Todas imagens
  • Autor: Pró reitores da UFPel
  • Imagens: Divulgação/UFPel

Todo o conteúdo desta coluna é de total responsabilidade de seu autor(a)/publicador(a)!