Agora: Programação Musical Com: Programação Automática Agora: Programação Musical Com: Programação Automática

Central de Recados

Envie-nos seu recado ou peça sua música aqui!
Seu nome deve conter apenas letras!

Como será o clima no sul do Brasil em junho de 2023

Data da Noticia 31/05/2023
Primeiro mês do inverno marca um aumento no número de dias frios com menos chuva no Brasil Central e aumento da precipitação mais ao Sul do país.

O mês é o primeiro do denominado inverno climático que é compreendido pelo trimestre dos meses de junho, julho e agosto. Já a estação inverno começa oficialmente pelo critério astronômico às 11h58 do dia 21 de junho e vai até 3h50 do dia 23 de setembro.

Esta é a linha de prognóstico que está sendo usada pelaMetSul Meteorologia . Não se projeta um mês de frio rigoroso e constante, e tampouco um alto número de dias de temperatura muito baixa com ar gelado, mas não vai deixar de fazer frio.

Em 2023, o mês de junho vai começar com o Oceano Pacífico oficialmente ainda em estado de neutralidade, portanto sem El Niño ou La Niña. No decorrer do mês, entretanto, se espera que haja um maior aquecimento das águas do Pacífico Equatorial com a gradual transição para um evento de El Niño. Espera-se ainda que a atmosfera no Pacífico Equatorial acople com as condições oceânicas, proporcionando o cenário favorável para um El Niño.

O mês de junho costuma marcar uma acentuada diminuição da chuva no Centro do Brasil com a instalação da estação seca ao passo que mais ao Sul, especialmente no Rio Grande do Sul, observa-se um aumento das precipitações.

No inverno, muitos sistemas atuam no Sul brasileiro como frentes frias, frentes quentes e centros de baixa pressão, o que costuma trazer mais chuva para estados como Rio Grande do Sul e Santa Catarina enquanto o Paraná, pela sua posição mais ao Norte, sofre a influência do ar seco do Brasil Central e tem menor precipitação que os estados mais ao Sul.

Modelos climáticos internacionais divergem enormemente em suas projeções de chuva para junho no Centro-Sul do Brasil. O NMME (North America Ensemble Model), que reúne vários modelos, projeta um junho de chuva muito abaixo da média no Planalto Central e perto da média na maior parte do Sul do Brasil.

Conforme a análise da MetSul Meteorologia, a perspectiva é de uma maior probabilidade de chuva acima da média em muitas áreas de Santa Catarina, Paraná, Sul do Mato Grosso do Sul e parte de São Paulo, sobretudo o Sul e o Leste do estado.



Todas imagens
  • Autor: Metsul
  • Imagens: Freepik

Todo o conteúdo desta coluna é de total responsabilidade de seu autor(a)/publicador(a)!