Programação Automática Programação Automática

Central de Recados

Envie-nos seu recado ou peça sua música aqui!
Seu nome deve conter apenas letras!

Em três dias 11 pessoas morreram na R16 com Covid-19

Data da Noticia 04/03/2021

Estamos percebendo o agravamento do cenário da epidemia a nível regional, com o surgimento de indicadores e números alarmantes.

A cada dia nossos índices tomam proporções maiores, com elevadas taxas de ocupação das estruturas hospitalares e óbitos. Atualmente as taxas de ocupação dos leitos de UTI estão acima da capacidade máxima (113% de ocupação), com 26 pacientes internados e sendo necessário a utilização dos planos de contingência, para ampliação do número de leitos, fato que já ocorreu e deve ser ampliado mais nos próximos dias.

Situação semelhante ocorre com os leitos clínicos, com ocupação de 100% das estruturas dos hospitais Santa Terezinha e Caridade, com 52 pacientes internados em decorrência do novo coronavírus.

Os hospitais regionais que possuem também leitos habilitados para assistência da Covid vêm apresentando números impressionantes, estando no momento com 49 pacientes internados, fato que nunca ocorreu desde o início do processo pandêmico, em meados de março de 2020.

A R16 está entrando em sobrecarga, com 127 pacientes internados, segundo o último boletim regional (03/03), e com praticamente toda a sua estrutura hospitalar entrando em colapso.

Óbitos

Outro indicador alarmante é o número de mortes em decorrência da Covid. Observando os gráficos, verificamos que de 01/02 a 01/03, os indicadores regionais registraram 39 óbitos. Agora, com o agravamento ainda maior da crise, de segunda (01/03) até quarta (03/03) foram registrados mais 11 mortes, o que elevou o número regional para 191 óbitos.

Nos últimos dias foram registrados óbitos nos municípios de Erechim (01), Faxinalzinho (01), Sertão (01), Nonoai (07) e Rio dos Índios (01).

Diante disso, é importante observar a rápida ação das lideranças regionais para a abertura de novos leitos de UTI, além da contratação de profissionais da saúde, bem como o reforço nas campanhas de conscientização da população quanto à obediência dos protocolos de higiene/distanciamento social e a fiscalização ao efetivo cumprimento dos decretos estaduais de bandeira preta.

Um esforço conjunto, liderado pelo presidente da AMAU e prefeito de Erechim, Paulo Polis, com o respaldo dos Hospitais Santa Terezinha e Caridade, já permitiu a ampliação de mais leitos de UTI e deve fazer com que novos leitos de terapia intensiva e clínicos também estejam em curto espaço de tempo disponíveis à comunidade regional, situação que o quadro impõe.

Jackson Arpini é membro do Comitê de Atenção ao Coronavírus da AMAU.

"Precisamos minimizar os indicadores o mais rápido possível. Estamos caminhando para um cenário dramático e só a colaboração do conjunto da sociedade pode auxiliar nesse enfrentamento. A situação é assustadora e reiteramos o apelo. O momento é de união, estamos perdendo vidas humanas".

 

Por Jackson Arpini-Membro do Comitê de Atenção ao Coronavírus da AMAU.



Todas imagens
  • Autor: AuOnline
  • Imagens: Comitê de Atenção ao Coronavírus

Todo o conteúdo desta coluna é de total responsabilidade de seu autor(a)/publicador(a)!