Agora: Raízes do Sul Com: Programação Automática Agora: Raízes do Sul Com: Programação Automática

Central de Recados

Envie-nos seu recado ou peça sua música aqui!
Seu nome deve conter apenas letras!

Feriadão terá novos pardais em funcionamento nas estradas estaduais do RS

Data da Noticia 08/10/2020
Equipamentos foram instalados nos mesmos lugares onde estavam antes do desligamento e começam a multar a partir desta sexta-feira (09).

Os novos pardais instalados nas rodovias estaduais começam a aplicar multas a partir desta sexta-feira (9). Mais de 90 faixas de tráfego, em 13 estradas, contam com o monitoramento dos controladores de velocidade – colocados nos mesmos lugares dos equipamentos desligados em julho de 2019.

Os antigos pardais foram removidos por causa do fim do contrato com as empresas que faziam a manutenção da malha. Neste ano, uma nova licitação foi lançada – e vencida pelas empresas Perkons e Fiscaltech, com o valor de R$ 5,8 milhões. O vínculo tem duração de 24 meses, podendo ser prorrogado por mais dois anos.

Foram implantadas, também, 25 câmeras e 25 dispositivos leitores de placas. “O sistema emite um alerta sonoro quando é identificada alguma irregularidade. Dessa forma, os agentes podem abordar indivíduos suspeitos”, explica o diretor-geral do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer/RS), Luciano Faustino.

Localização

Os pardais instalados pela Perkons estão:

  • na ERS-030 (Osório – Tramandaí) 
  • ERS-040 (Viamão – Pinhal) 
  • ERS-122 (Portão – Caxias do Sul)
  • ERS-239 (Novo Hamburgo – Rolante)
  • ERS-240 (São Leopoldo – Montenegro)
  • ERS-389 (Osório – Torres) 
  • RSC-453 (Venâncio Aires – Tainhas) 

A empresa receberá R$ 3,9 milhões pela fiscalização eletrônica nas sete estradas e pelas 16 câmeras e 16 dispositivos leitores de placas implantados

Já a Fiscaltech terá acesso a R$ 1,9 milhão pelo monitoramento de 25 faixas de tráfego nas seguintes rodovias: 

  • ERS-135 (Passo Fundo – Erechim)
  • ERS-324 (Passo Fundo – Nova Prata)
  • ERS-342 (Ijuí – Cruz Alta) 
  • RSC-153 (Passo Fundo – Tio Hugo) 
  • RSC-287 (Montenegro – Santa Maria) 
  • ERS-122 (São Vendelino – Farroupilha)

Além disso, a empresa também é responsável por nove câmeras e nove leitores de placas.

A localização exata dos pardais, que são discretos, não é divulgada para preservar a segurança dos usuários. “O principal objetivo é educar os motoristas, fazendo com que eles reduzam a velocidade nos locais onde os estudos apontam maior risco de acidentes”, afirma o secretário de Logística e Transportes do Rio Grande do Sul, Juvir Costella.



Todas imagens
  • Autor: Rádio Guaiba
  • Imagens: DAER/Divulgação

Todo o conteúdo desta coluna é de total responsabilidade de seu autor(a)/publicador(a)!