Agora: Panorama Geral Com: Rafael Boller Agora: Panorama Geral Com: Rafael Boller

Central de Recados

Envie-nos seu recado ou peça sua música aqui!
Seu nome deve conter apenas letras!

Grêmio vence nos pênaltis e classifica para as semifinais do Gauchão

Data da Noticia 09/04/2015
Tricolor irá enfrentar o Juventude no fim de semana no estádio Alfredo Jaconi

Se a classificação do Inter fora suada na véspera, a passagem do outro grande da Capital foi igualmente sofrida nesta quinta-feira. O Grêmio só venceu o Novo Hamburgo nos pênaltis (6 a 5) após empate em 1 a 1 no tempo normal, na Arena. O goleiro Marcelo Grohe defendeu dois pênaltis e colocou o Tricolor na semifinal do Campeonato Gaúcho, virando o herói da noite.  No fim de semana, em horário a ser marcado, os comandados de Felipão irão enfrentar o Juventude, no estádio Alfredo Jaconi. No fim de semana seguinte, a decisão para ver quem encara Inter ou Brasil de Pelotas na final será na Arena.  Após pressão do Tricolor, Novo Hamburgo abre o placar e cobrança de falta O Grêmio iniciou o primeiro tempo pressionando o Novo Hamburgo em alta velocidade. Tanto que antes do primeiro minuto terminar, Marcelo Oliveira foi até a linha de fundo e cruzou. A bola passou por Braian Rodríguez e ficou com a defesa do Novo Hamburgo.  Após o lance, o Tricolor teve cinco finalizações contra a meta do goleiro Rafael. Pressionou, teve mais volume, mas não foi eficiente. Aos 14 minutos, Braian empurrou para o fundo das redes, depois de cruzamento de Matías da direita. Porém, o auxiliar anulou a jogada, gerando muitas vaias da torcida. Na sequência, o Grêmio seguiu em cima e, aos 19, Luan arriscou de fora da área. Rafael fez a defesa em dois tempos. Entretanto, o visitante aumentou a presença no campo ofensivo e chegou ao gol aos 28 minutos em uma cobrança de falta de Fred. O jogador do Nóia bateu próximo a meia lua no canto direito de Marcelo Grohe, que nem se mexeu.  Com o gol, a equipe de Felipão tentou reagir, mas não teve forças para buscar o empate. Demonstrando tensão e nervosismo passou a errar passes e diminuiu a presença no campo ofensivo. Por outro lado, o Novo Hamburgo criou oportunidades. A melhor delas ocorreu aos 41, quando Dê driblou Geromel dentro da área e chutou. A bola passou rente ao poste esquerdo de Grohe. Trocas no Grêmio e o gol de empate No intervalo, Felipão retirou Matías e Braian Rodríguez e colocou Fellipe Bastos e Mamute, com Ramiro atuando na lateral direita. Com vantagem no placar, o Noia passou a esperar o Grêmio no campo defensivo para contra-atacar em velocidade. Sem espaços, aos quatro minutos, Bastos arriscou da intermediária, mas a bola passou a direita de Rafael.  Sete minutos depois, Fellipe Bastos cobrou falta da intermediária, a bola quicou dentro da área e Rafael fez a defesa em dois lances. O Grêmio seguiu pressionando, mas sem criar chances claras de gols. Até que, aos 24, Douglas cobrou falta pelo lado esquerdo de ataque e Geromel cabeceou, sem marcação, deixou tudo igual.  Três minutos depois, William Schuster derrubou Mamute dentro da área e Anderson Daronco marcou o pênalti. Na cobrança, Douglas, no entanto, chutou no poste direito de Rafael e a bola saiu pela lateral. Aos 31, César Lucena fez falta no campo ofensivo, recebeu o segundo amarelo e acabou expulso.  Com a queda de rendimento físico do Novo Hamburgo, o Tricolor aumentou a pressão. Aos 36 minutos, Everton arriscou da entrada da área e Rafael empurrou para a linha de fundo com a ponta dos dedos.  Aos 41 minutos, o Grêmio quase ampliou. Em cobrança de falta da meia lua, Douglas acertou o poste esquerdo de Rafael. Dois minutos depois, o meia recebeu passe pela direita de ataque, dentro da área, e chutou. A bola ia em direção ao gol, mas Bolívar afastou de cabeça. Aos 46, foi a vez de Rhodolfo acertar o poste direito do Noia, que resistiu bravamente e levou a disputa para a cobrança de penalidades.  Grêmio classifica nas cobranças de pênaltis.  Nas cinco primeiras cobranças de pênaltis, Everton bateu e Rafael defendeu. Na última batida, Grohe tapeou a bola em cobrança de Paulinho. Nas alternadas, na segunda série, Ramiro marcou e Marcelo Grohe defendeu chute de Schuster. Gauchão – Quartas de Final  Grêmio 1 (6) Grohe; Matías Rodríguez (Fellipe Bastos), Geromel, Rhodolfo e Marcelo Oliveira; Ramiro, Maicon, Giuliano (Everton), Douglas e Luan; Braian Rodríguez (Mamute).Técnico: Felipão. Novo Hamburgo 1 (5) Rafael; Lucena, Fred, Bolívar e Paulinho; Dê, Magrão, Lucas Crispim e Thiago Humberto; William Schuster e Beto Cachoeira (Luis Mario). Técnico: Roger Machado. Gols: Fred (28min/1ºT) e Geromel (24min/2ºT) Pênaltis:  Grêmio certos: Maicon, Fellipe Bastos, Luan, Douglas, Marcelo Olveira e Ramiro -Errado: Everton Novo Hamburgo certos: Magrão, Fred, Thiago Humberto, Luis Mario e Dê -Errados: Paulinho e Schuster Cartões amarelos: Bolívar, William Schuster, César Lucena, Beto Cachoeira e Magrão (NH) e Everton e Douglas(G). Cartão vermelho: César Lucena (NH). Público Total: 16.991 Renda: R$ 509.844,00 Local: Arena, Porto Alegre.  Árbitro: Anderson Daronco, auxiliado por Julio Cesar Rodrigues dos Santos e Antônio Lima Albornoz.



Todas imagens
  • Autor: Correio do Povo
  • Imagens: Ricardo Giusti

Todo o conteúdo desta coluna é de total responsabilidade de seu autor(a)/publicador(a)!