Agora: Programação Musical Com: Programação Automática Agora: Programação Musical Com: Programação Automática

Central de Recados

Envie-nos seu recado ou peça sua música aqui!
Seu nome deve conter apenas letras!

Inaugurada unidade de recebimento de cultivo de feijão

Data da Noticia 09/02/2024

A produção do feijão deve aumentar na região do Alto Uruguai e Norte do Estado, garantido mais renda aos produtores da agricultura familiar e o fomento de políticas públicas. A projeção de incremento da área cultivada foi apresentada durante a inauguração da filial de Recebimento e Beneficiamento de Feijão da Cooperativa de Comercialização da Agricultura Familiar de Economia Solidária (Cecafes), realizada nesta quarta-feira (08/02), em Marcelino Ramos. Na região do Alto Uruguai, são cultivados atualmente 902 hectares do grão.  A solenidade reuniu autoridades e lideranças da região do Alto Uruguai, do Estado, Governo Federal e produtores. Também participaram representantes de cooperativas de Santa Catarina, São Paulo, Rio de Janeiro e Espirito Santo. No ato, a gerente do Escritório Regional da Emater/RS-Ascar em Erechim, Fernanda Tacca Angonese, representou o secretário de Desenvolvimento Rural (SDR), Ronaldo Santini. As lideranças parabenizaram a Cecafes e destacaram a importância das cooperativas na viabilização do acesso às políticas públicas, tais como o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e Programa de Aquisição de Alimentos (PAA). O incentivo, fortalecimento da agricultura familiar, a importância da produção de alimentos e a união das cooperativas pautaram as falas das autoridades e lideranças. Também foi anunciada a possibilidade de compra da produção de feijão da região abrangida pela Cecafes pelo Governo Federal, através da Conab. Também integrou a programação do evento uma apresentação com dados referentes ao cooperativismo e o mercado institucional de alimentos na região e no RS, que destacou o potencial do PNAE como política pública federal de aquisição de alimentos da agricultura familiar. No Alto Uruguai, por exemplo, esta política representa um potencial de mercado superior a R$ 5 milhões anuais.  O presidente da Cecafes, Roberto Balen, agradeceu em nome da direção e equipe, às autoridades, lideranças, representantes de cooperativas, produtores, Emater/RS-Ascar e a SDR na contribuição para a concretização da Unidade Recebimento e Beneficiamento de Feijão, bem como nas ações de cooperativismo e Extensão Rural.

Durante a solenidade, o casal Roberto Lazzarin e Nilva Silveira Casado, acompanhados da filha Renata, uma das famílias que produz feijão, assinou contrato com a Cecafes. A família cultiva um hectare de feijão em Marcelino Ramos. 

Homenagem Durante o evento, as cooperativas Cecafes e Cocel (Cooperativa de Agricultura Familiar de Marcelino Ramos) homenagearam a Emater/RS-Ascar, representada pelos extensionistas Antônio Tadeu Pandolfo, Carlos Alberto Angonese e Cleunir Augusto Paris, além de Waldir Machado (ex-funcionário da Unidade de Classificação da Instituição) pelo trabalho de Extensão Rural e orientações técnicas, apoio na implantação e suporte na operacionalização da Unidade de Recebimento e Beneficiamento de Feijão e pela contribuição e apoio ao cooperativismo.  A Emater/RS-Ascar é vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) e também realiza programas do Governo do Estado através da Secretaria da Agricultura, Pecuária, Produção Sustentável e Irrigação (Seapi).



Todas imagens
  • Autor: Assessoria de imprensa
  • Imagens: EMATER

Todo o conteúdo desta coluna é de total responsabilidade de seu autor(a)/publicador(a)!