Agora: Top 30 Nejo Com: Felipe Kaplan Agora: Top 30 Nejo Com: Felipe Kaplan

Central de Recados

Envie-nos seu recado ou peça sua música aqui!
Seu nome deve conter apenas letras!

Inter patrola Universidad de Chile e lidera grupo 4 da Libertadores

Data da Noticia 17/04/2015
Goleada de 4 a 0 consagra ampla superioridade colorada em Santiago
Quatro a zero, fora o baile... O Inter despachou o Universidad de Chile da Libertadores com uma goleada inapelável em pleno estádio Nacional de Santiago. Em grande noite de Nilmar, o Colorado sequer foi ameaçado e somou três pontos que garantem tranquilidade para carimbar a vaga para as oitavas de final. Com dez pontos, lidera o grupo 4, à frente do Strongest. A La U dá adeus ao torneio e cumpre tabela na próxima semana com apenas três pontos. O Inter volta a campo na próxima quarta-feira, contra o The Strongest, no estádio Beira-Rio. Um empate já garante o time de Diego Aguirre na próxima fase. No mesmo dia, o Emelec recebe a Universidad de Chile precisando da vitória para avançar.  Nilmar desmancha La U O Inter patrolou um adversário fraco e sem qualquer tipo de resposta mesmo jogando em casa. Nilmar comandou o amplo domínio que começou com trapalhada defensiva e, em 45 minutos, transformou-se em goleada. Logo aos 8 minutos, Nilmar mostrou raça e oportunismo para anotar 1 a 0. O goleiro Jhonny Herrera recebeu bola recuada e o atacante colorado acreditou no lance. Herrera tentou o drible, mas tocou mal na bola e, em velocidade, Nilmar se antecipou e mandou para o fundo das redes. O gol desmanchou a La U, que quatro minutos depois já sofreu o 2 a 0. Em bela jogada de contra-ataque, Aránguiz tocou para Nilmar, que ajeitou com açúcar para Sasha na área. O atacante teve qualidade para desviar na saída do goleiro e correr para o abraço. Só aos 18 minutos os donos da casa esboçaram alguma reação. Lorenzetti recebeu bola na entrada da área e disparou um chute perigoso, que tirou tinta da trave direita. Depois, Corujo apareceu na área e cabeceou sozinho, mas mandou para fora. Apenas alguns sustos antes de Nilmar aparecer mais uma vez em grande lance. Talvez a sua melhor jogada desde que voltou. O atacante recebeu na direita e disparou em velocidade. Driblou um zagueiro duas vezes na quina da área, invadiu, entortou mais um e, em meio à disputa com o zagueiro, desviou a bola para o canto direito: goleada antes do intervalo.  D'Ale perde pênalti, mas Valdívia amplia Se alguém esperava reação da La U na segunda etapa, estava mais otimista que o futebol dos chilenos poderia inspirar. Logo aos quatro minutos o Inter teve a chance de ampliar com uma penalidade máxima. Corujo deu carrinho e atingiu Nilmar um passo fora da área, mas o árbitro deu pênalti. Na cobrança, D'Alessandro bateu quase no meio do gol e Herrera fez a defesa. Em seguida, Canales teve a chance de descontar, aos sete minutos, mas foi pressionado por Jeferson. O lateral dividiu na hora da batida e sobrou para Alisson recolher, atento. Mas a tentativa de reação ficou por aí. O Inter não tardou a cravar o 4 a 0 no placar. Valdívia, que entrou no lugar de Jorge Henrique, recebeu bola invertida por Nilmar na frente da área. Ele cortou para a esquerda, entrou na zona do perigo e chutou no meio das pernas de Herrera para anotar 4 a 0 num frango do goleiro.  Já no fim da partida, Benegas perdeu oportunidade do gol de honra. Em bola cruzada na área, o substituto do "gremista Máxi Rodríguez" subiu sem marcação e enfiou a testa na bola, mas mandou sobre a meta. Foi 4 a 0 mesmo. Fora o baile... Libertadores - 1ª fase Universidad de Chile 0 Johnny Herrera; Mathías Corujo, Osvaldo González, Paulo Magalhães (Ortiz) e José Rojas; Guzmán Pereira, Sebastián Martínez (Espinoza), Gustavo Lorenzetti e Maxi Rodríguez (Benegas); Gustavo Canales e Sebastián Ubilla. Técnico: Martín Lasarte. Inter 4 Alisson, Ernando, Alan Costa, Juan (Réver) e Geferson, Rodrigo Dourado, Aránguiz, Jorge Henrique (Valdívia), D'Alessandro (Alex), Eduardo Sasha; Nilmar. Técnico: Diego Aguirre. Gols: Nilmar (8min/1ºT) e 31min/1ºT), Sasha (12min/1ºT) e Valdívia (12min/2ºT). Cartões amarelos: Corujo, Espinoza (U; Valdívia, Eduardo Sasha (I). Local: estádio Nacional, Santiago. Árbitro: Silvio Trucco.

Todas imagens
  • Autor: Correio do Povo
  • Imagens: Claudio Reyes/AFP/CP

Todo o conteúdo desta coluna é de total responsabilidade de seu autor(a)/publicador(a)!