Agora: Raízes do Sul Com: Programação Automática Agora: Raízes do Sul Com: Programação Automática

Central de Recados

Envie-nos seu recado ou peça sua música aqui!
Seu nome deve conter apenas letras!

Morte de B.B. King é investigada como homicídio nos EUA

Data da Noticia 26/05/2015
Filhas afirmaram que músico foi envenenado pelo próprio agente

morte do rei do blues B.B. King será investigada como homicídio, informou nesta segunda-feira o departamento de medicina legal do Estado de Nevada, Oeste dos Estados Unidos. O músico faleceu no dia 14 de maio passado, aos 89 anos, em Las Vegas, onde residia após anos de intensas turnês. Duas das filhas de King - Karen Williams e Patty King - afirmam que o músico foi envenenado por seu agente, Laverne Toney, segundo o site Eonline. Karen e Patty acreditam que King "foi envenenado, que administraram substâncias para provocar sua morte prematura", e solicitam "uma investigação formal sobre este assunto", segundo o site. Toney, que administra a herança de King, rejeitou a acusação: "Estão fazendo denúncias o tempo todo, isto não é novo". O corpo de medicina legal publicou no Twitter que realizará uma autopsia, cujo resultado exigirá entre seis e oito semanas. A imprensa local anunciou que o funeral de King em Memphis foi adiado à espera dos resultados da autopsia. King, dono da famosa guitarra "Lucille", estava hospitalizado desde o final de abril e teria morrido de desidratação resultante de uma diabetes diagnosticada há 30 anos. Além disso, o músico sofria de hipertensão. Nascido em 16 de setembro de 1925 em Itta Bena, perto de Indianola, King teve de lidar com uma infância semelhante à de milhares de crianças negras: trabalhar como lavrador em grandes plantações de algodão no sul segregacionista.



Todas imagens
  • Autor: AFP
  • Imagens: Fabrice Cofrini / AFP/ CP

Todo o conteúdo desta coluna é de total responsabilidade de seu autor(a)/publicador(a)!