Agora: Show da Tarde Com: Rosana Dallagnol Agora: Show da Tarde Com: Rosana Dallagnol

Central de Recados

Envie-nos seu recado ou peça sua música aqui!
Seu nome deve conter apenas letras!

Vivendo na Itália-Por Yara Bergamo

Data da Noticia 05/06/2015
Dia dos namorados

Bom dia amigos, se aproxima o dia dos namorados e hoje vamos contar mais alguma coisa interessante. Na Italia se festeja dia 14 de fevereiro, San Valentino, protetor dos namorados. Muita festa com flores, chocolates e muitas juras de amor. Mas voltando no tempo, o namoro nao era muito fácil, os namorados eram muito controlados pelos pais e irmãos, o casalzinho se olhava de longe por muito tempo, e quando tinha a permissao de entrar em casa, no forro da sala tinha um buraco feito especialmente para espiar os namorados. E tinha também aqueles que namoravam na estrevaria sentados no feno para se esquentar quando era inverno.

Bons tempos, nada de celular nem internet, tudo tinha mais sabor e mais vida. Tornando aos tempos de hoje, muita coisa mudou, acabou o controle severo e tem muita liberdade. Ainda hoje em muitos casos o pessoal namora anos, às vezes por comodidade, às vezes por não ter a possibilidade de ter uma casa.

Quando a data do casamento se avizinha, a noiva e também as mães dos noivos visitam os amigos levando uma badeijinha de confetes (São umas balas brancas com recheio de amêndoas e chocolate) que as pessoa comem juntas. O número de confetes deve ser sempre ímpar, 3 ou 5 para trazer sorte aos noivos. A noiva deve preparar as bombonieras (são pequenos presentes para oferecer a cada convidado) os padrinhos e os pais dos noivos recebem um presente melhor.

Os carros das pessoas que partecipam do casamento sao enfeitados com enormes laços, a cor é a noiva que decide, devem ser todos iguais. Normalmente a noiva chega numa limosine ou um carro antigo que é alugado para este dia. Este carro é todo enfeitado com flores e fitas, muito lindo. Antes de ir para a igreja os convidados vao pra casa do noivo para um refresco. Depois se encontram todos na igreja para esperar a noiva que chega como uma princesa.

Terminada a cerimônia, na saída, uma chuva de arroz, normalmente. Então vão a um restaurante para enfrentar um almoço que deve durar até as 18 horas da tarde. Durante a festa, os noivos distribuem as "bombonieras" aos convidados. E o presente dos noivos? Normalmente eles já tem de tudo e fica mais fácil dar "a busta" que é um envelope com um certo valor nunca inferior ao valor de um almoço do retaurante. Aqui a cifra parte de 500 euros para cima dependendo da possibilidade das pessoas, naturalmente. Depois, a festa continua com danças e o corte da gravata do noivo; enquanto outros pegam o sapato da noiva e passam pra encher de dinheiro, aquilo que arrecadam usam para a viajem da lua de mel.

Que tal? Antes casavam na maior pobreza e moravam ate em 30 na mesma casa porque todos deveriam trabalhar para ajudar os sogros e familia. Hoje os tempos são outros........sinceramente, quase, quase prefiro os velhos tempos........ Tenham todos um bom dia e, como diz o Papa Francisco, briguem mas não deixem de ir dormir sem ter feito as pazes. Um bom dia para todos.

Sobre a autoraNatural de Viadutos RS, formada em Magistério, fez vários cursos de qualificação e tem espcialização em decoupage. É responsável pela cozinha do Restaurante Barachi da cidade de Mapello, província de Lombradia, na Itália, onde reside desde 1992. Nas horas de folga se dedica a obras sociais na sua cidade.



Todas imagens
  • Autor: Yara Bergamo
  • Imagens: Internet

Todo o conteúdo desta coluna é de total responsabilidade de seu autor(a)/publicador(a)!