Agora: Show da Tarde Com: Rosana Dallagnol Agora: Show da Tarde Com: Rosana Dallagnol

Central de Recados

Envie-nos seu recado ou peça sua música aqui!
Seu nome deve conter apenas letras!

Vivendo na Itália-Por Yara Bergamo

Data da Noticia 18/06/2015
Funeral italiano

Bom dia pessoal! Aqui estamos mais uma vez para o nosso tradicional encontro das quintas-feiras. Meu grande abraço a todas as pessoas que nos seguem através da nossa querida Rádio Comunidade, que a cada dia é mais ouvida nos mais longínquos recantos deste Brasil e também no exterior. Graças a internet, podemos estar por dentro de todas as notícias da nossa cidade. Estou feliz por todas as iniciativas da rádio e meus parabéns a toda a equipe que tudo faz para melhorar o serviço de informações.

Bem, eu hoje quero tratar de um assunto não muito alegre, mas não deixa de ser interessante, com as suas diversidades do Brasil. Como será um funeral na Itália? Pois é, alguma coisa de diferente tem. Quando uma pessoa falece no hospital, o corpo é velado na capela deste. Se ocorre em casa, se faz em casa. Só que aqui, por lei, o morto é enterrado no terceiro dia. Isso aí pessoal. A gente fica velando, mesmo que tenha quarenta graus de calor. Nenhum problema como vocês podem pensar. E o cheiro? Não, os caixões são dotados de um sistema de refrigeração e tudo procede bem.

Nestes três dias, as pessoas chegam na casa a partir das oito da manha, ficam uns dez minutos, uma oração, às vezes o rosário e vão embora. assim procede até as vinte horas, quando se fecha a casa e todos vão repousar. No dia seguinte, a mesma coisa, até o terceiro dia. Nada de tomar brodo e virar a noite como ainda é costume em alguns lugares do Brasil.

Quase todas as pessoas participam do enterro. Normalmente, os homens vão de terno e gravata e as mulheres vestidas de cores escuras. A missa é igual e no cemitério também. A diferença é que o cemitério brilha de tão limpo. Você pode passar a mão num túmulo que não acha poeira, porque as pessoas frequentam o cemitério até duas vezes por semana para limpar e trocar as flores que são sempre frescas e bonitas.

Velas não são usadas, porque cada tumulo é dotado de uma lâmpada acesa dia e noite e aqui é outra conta pra pagar anualmente. Não se usa rezar a missa do sétimo dia. Muitas famílias não querem que se leve flores e coroa, mas a maioria sim. O custo de um funeral simples parte de dez mil euros pra cima.

Espero, também hoje, ter dado uma nova informação para vocês. Tenham todos um bom dia, com muita serenidade e menos frio.



Todas imagens
  • Autor: Yara Bergamo
  • Imagens: Internet

Todo o conteúdo desta coluna é de total responsabilidade de seu autor(a)/publicador(a)!